Paraíso

A vida da gente é tão corrida, são tantas informações e coisas acontecendo ao mesmo tempo que ao final fo dia nossa cabeça tá cheia.
Por isso, nas suas próximas férias, procure viajar para lugares paradisíacos.
Sem opção?

1 – Barbados

Para luxo e glamour, Barbados é dificilmente superado. País mais ao leste do Caribe, é onde muitos ricos advogados, banqueiros e magnatas de cinema americanos têm suas mansões de praia. Eles e os recém-casados gostam da discrição pela qual a ilha é conhecida. Se estiver disposto a gastar, não é onde dormir o que falta. Sandpiper é um hotel ultra luxuoso, que fica na praia com suas suítes escondidas entre magníficos jardins tropicais. Quem gostar pode passar seu tempo jogando golfe ou se refrescando na água do mar ou da piscina. Vale a pena visitar a reserva ecológica Barbados Wildlife Reserve, onde moram os macacos verdes locais.

2 – Bornéu, Brunei / Indonésia / Malásia

A ilha de Bornéu possui uma biodiversidade excepcional. Sua parte norte pertence à Malasia, e a parte sul à Indonésia. Fica na ilha o sultanato de Brunei. Com florestas intactas, paisagens deslumbrantes, praias de areia branca e uma vida marinha exótica, Bornéu é um dos principais destinos para quem quer combinar férias tropicais com aventura. Conhecer a casa de uma família local, passar uma ou duas noites na selva, matar o tempo na praia e ver os orangotangos (espécie ameaçada de extinção), ao norte da ilha, são algumas das possibilidades para quem visita Bornéu.

3 – Ilhas Cayman, Reino Unido

Território britânico próximo de Cuba e da Jamaica, as Ilhas Cayman, no Caribe, obtiveram boa parte de sua fama por causa de suas praias imaculadas,seus pores do sol românticos e seus hotéis de luxo. Mas foi um outro aspecto paradisíaco o que as fez famosas: as ilhas são o que se conhece como paraíso fiscal, ou seja, um local onde guardar fortunas com bastante conforto quanto a sigilo e impostos. Observadores de pássaros se maravilham com a variedade: papagaios, pombos, garças tricolores, carquejas, marrecos de asas azuis, e muito mais. A possibilidade de hospedagem é ampla. Por exemplo, os oito apartamentos de praia do Turtle Nest Inn, a 15 quilómetros da capital, Georgetown. Os apartamentos têm uma arquitetura de inspiração espanhola, terraços, paredes caiadas e tetos de terracota

4 – Ilhas Cocos, Austrália

Situadas no Oceano Índico, perto da Tailândia, as ilhas Cocos pertencem à Austrália, ainda que estejam a quase 2,8 mil de Perth. Felizmente, não estão lotadas de grandes resorts e hotéis de linha. Charles Darwin passou pelas ilhas para coletar mostras, quando estava dando a volta ao mundo no Beagle, e se maravilhou pela riqueza da flora e da fauna. Mergulhadores (tanto com snorkel como com garrafas), e passageiros de barcos com fundo de vidro podem avistar mais de 500 espécies de peixes, tubarões e tartarugas. As ilhas são tambem lar de muitas espécies de aves marinhas, como andorinhas, fragatas, garças e limícolas. O clima tropical significa dias de sol, mas também certas precipitações leves entre março e julho. Nade, ande de biclicleta, pesque, saia de caminhada ou simplesmente jogue-se na rede.

5 – Projeto Eden, Reino Unido

Aqui o paraíso é tropical, mas não é natural. E nem sequer fica nos trópicos. Maior atração turística de Cornualha (condado que fica no sul da Inglaterra), começou como uma mina de giz abandonada e uma ideia que parecia maluca: reproduzir os climas do mundo nesta região fria e úmida. Atualmente, seus dois biomas fornecem um habitat para dois climas artificiais. No bioma de floresta tropical – o maior conservatório do mundo, plantas como mangueiras, samambaias de Fiji, palmeiras e árvores australianas, crescem num clima úmido a uma temperatura de 30 graus. O segundo bioma, um pouco mais frio, inclui cítricos, olivas, cactus californianos; uma grande variedade de flora não-tropical com representantes do mundo todo. Planeje passar aqui pelo menos quatro horas, para que sua visita seja bastante completa

6 – Jericoacoara, Brasil

O Brasil é merecidamente famoso por ter algumas das melhores praias do planeta: não poderia ficar de fora numa lista de paraísos tropicais. No caso, a representante é Jericocoara, a 300 km ao norte de Fortaleza, e não decepciona. Há 20 anos era uma modesta aldeia de pescadores que não tinha nem rede telefônica. A eletricidade chegou ali só em 1998. Embora a cidade, graças ao turismo internacional, tenha crescido em tamanho e riqueza, permanece relativamente subdesenvolvida. Isso é sua vantagem: os 6.850 hectares do Parque Nacional de Jericoacoara incluem dunas, lagoas, praias de areia branca e um mar tranquilo. Mas a natureza não é o único atrativo: Jericoacoara é um ótimo lugar para praticar esportes radicais como surfe, kitesurfe e sandboard

7 – Ilhas Maldivas

As Maldivas, uma cadeia de atois no Oceano Índico, ao sudoeste da Índia, figuram sempre no topo das listas para uma viagem romântica sonhada. O arquipélago é o país com a mais baixa altitude do mundo: seu ponto mais elevado está a 2,3 metros do nível do mar, e a altitude média do país é de 1,5 m. A capital, Malé, onde vivem 100 mil pessoas, está a 90 centímetros do nível do mar. Este paraíso tem do que se preocupar com o aquecimento global: a nação toda poderia desaparecer em poucas décadas. As 130 vilas da cadeia One & Only são suntuosas, com acesso individual a uma praia e uma piscina privadas, terraço e banheiras espaçosas para uma noite romântica. Os quartos, ambientados com estilo tropical, têm camas confortáveis , com roupas de cama de seda, e um monte de almofadas para garantir uma boa noite de sono depois de um dia exaustivo de praia e mar

8 – Seychelles

As Ilhas Seychelles são uma nação insular localizada no Oceano Índico. O arquipélago fica entre o norte e o nordeste de Madagascar. As praias são inúmeras, todas de areias branquíssimas, e a água está entre as mais transparentes do planeta. Garantida por lei, a questão de manter um ambiente limpo é um tema levado bem a sério: a legislação ambiental das Seychelles é muito restrita, e todo projeto turístico está sujeito a uma revisão ambiental e a um longo processo de consulta com o público e os conservacionistas. Com isso, as ilhas são líderes mundiais em turismo sustentável. O resultado destes esforços é um ambiente natural intacto, onde reinam a diversidade de flora e de fauna. A vida marinha, em especial as ilhas coralíferas mais remotas, pode ser espetacular: há mais de mil espécies de peixes registradas, e muitos dos corais estão bem preservados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: