A reunião

A noite era uma solidão só. Na TV, trocava de Telecine como trocava de roupa. À procura de filmes de ação, para manter-se acordado, ele só se deparava com comédias românticas melosas que ele se recusava a assistir – já bastava a dele. Devorando amendoim a torto e a direito, o que acentuava suas dobras abdominais, pegava o mesmo jornal a todo momento. Revia a manchete palpitante, mas também o anúncio do utilitário 2008 que cabia no seu orçamento.
Tinha, na manhã seguinte, uma reunião importantíssima. Preferia manter-se aceso ir para o incômodo encontro às 7 da matina e voltar para casa – e aí, sim, dormir o sono dos deuses e também dos mortais.

Sua casa era um breu. Na sala, além da foto tilintante da avó num canto, piscava sua coleção de Santa Dose. Elas estavam sempre brilhando, aquele amarelo e verde convidativo, aquela sensação de querida, de companheira. Sabia que um copinho com gelo o acalmaria. Afinal, havia se preparado há semanas para chegar para um grupo de empresários e dizer: “Comprem esses terrenos em Salvador porque são a melhor oferta do Nordeste”. Estava confiante. Então, comemorou antes. Ficou ainda mais.

Tomou banho quente, arrumou-se e partiu. Encontro na praia, sol fervente.

De longe avistou o que parecia a foto tilintante da avó. Não era. Estava diante de uma garrafa recém-aberta por seus potenciais compradores. Sentou-se, contou, descolado, suas histórias de sua companheira de guerra, paz e de mesa. Brindou ao novo negócio com os agora amigos.
Abriu a porta de casa, tirou a roupa e dormiu manso, com a conta bancária mais polpuda e um copito de Santa Dose para rebater que ninguém é de ferro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: